quinta-feira, 1 de julho de 2010

Com o tempo, a gente vê


Hoje eu paro e vejo, quantas chances desperdicei quando o que eu mais queria era provar pra todo o mundo que eu não precisava provar nada pra ninguém